Transplante de células-tronco garante a cura do HIV

Olá, Juniquitos e Juniquetes. Estou de volta!
Hoje vamos falar de uma pesquisa cientifica, que foi publicada pelo jornal norte-americano The New York Times publicou nesta terça-feira (5) que um segundo paciente estaria curado do vírus HIV.

A pesquisa foi realizada com um homem que vive em Londres – seu nome não foi divulgado, que foi diagnosticado com HIV em 2003 e com linfoma de Hodgkin – um tipo de câncer – em 2012.

Como parte do tratamento contra o câncer, fez quimioterapia e recebeu um transplante de células tronco de um doador que era resistente ao HIV.

Assim, tanto o câncer quanto o HIV acabaram retroagindo.

Esse não foi o primeiro caso, já houve outro á dez anos atrás, Timothy Brown, de Berlim, recebeu um transplante de medula óssea de um doador que também era imune ao HIV. É considerado a primeira pessoa a “derrotar” o HIV e a Aids.

Foto: nytimes.com

O tratamento com o transplante, combinado com radioterapia, tinha como objetivo combater uma leucemia.

Ao conseguir que o HIV se torne indetectável em um segundo paciente, através de uma abordagem similar, nós demonstramos que o caso do paciente de Berlim não foi uma anomalia. Foi a abordagem de tratamento que eliminou o HIV nessas duas pessoas”, afirmou Ravindra Gupta, processor da Universidade College London, na Inglaterra, que liderou o estudo.

É um tratamento que quase matou o primeiro paciente em que foi usado. No entanto, aparentemente nem todas as condições da primeira cura precisam ser replicadas para assegurar que uma pessoa permaneça livre do HIV após o tratamento.

O NYT observa, no entanto, que a terapia de CCR5 que está sendo desenvolvida só será eficaz em cerca de metade dos pacientes, pois a outra metade continuará vulnerável ou suscetível à infecção pelo fato de o vírus poder usar uma proteína diferente para infectar o organismo.

LEIA A MATÉRIA COMPLETA AQUI:  https://www.nytimes.com/2019/03/04/health/aids-cure-london-patient.html

 

Um Abraço com muita saúde!

 

Com as palavras-chave

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *