Torcicolo, o que é…

Olá, Juniquetes e Juniquitos. Estou de volta!
Hoje vamos falar do famoso TORCICOLO que afeta qualquer pessoa, porém, existem alguns grupos de pessoas que tem mais tendência a desenvolvê-lo. Como mulheres ou pessoas que tem 30 anos ou mais.

A posição ao dormir também pode levar ao torcicolo.

Portanto, é preciso cuidado não só com a maneira como você deita, mas com a escolha do travesseiro, que não pode ser mole ou duro demais.

Se algum familiar próximo a você sofre de torcicolo regularmente, é possível que você também desenvolva a doença.

Quem tem doenças como hérnia de disco e estenose cervical podem acabar sofrendo mais com o torcicolo.

TIPOS DE TORCICOLOS

  1. Torcicolo congênito – Desenvolve-se no primeiros dias ou semanas de vida e é causado pela contração de um músculo do pescoço, o esterno-cleido-mastoideo (ECM).
    A cabeça do bebé encontra-se inclinada do lado do músculo tenso e observa-se a presença de uma pequena massa fibrosa do tamanho de uma azeitona no músculo em tensão.
    Esta massa tende à desaparecer entre o 6° e 12° mês do bebé, tal como o próprio torcicolo que regride de ele próprio em 75% dos casos antes dos 8 meses.
    Somente 25% dos recém-nascidos necessitarão de cuidados de saúde, sendo que é indicado que seja o mais cedo possível para diminuir os risco de anomalias causadas pelas tensões relacionadas com o torcicolo
  2. Torcicolo dermatogênico – É a limitação de movimentos do pescoço produzida por uma lesão extensa da pele da região. Acontece principalmente nas retrações de cicatrização de queimaduras.
  3. Torcicolo espasmódico – é o mais comum, associasse à uma rigidez do pescoço por hipertonicidade dos músculos cervicais.
  4. Torcicolo vestibular – resulta da compensação do desequilíbrio do corpo por disfunção do labirinto, órgão situado no ouvido interno e responsável pelo nosso equilíbrio.
  5. Torcicolo ocular –  é raro, manifesta-se numa inclinação e rotação da cabeça por paralisia do sistema muscular extra-oculares.
  6. Torcicolo reumático -Também é conhecido pelo nome de Torcicolo sintomático, é causado por doenças reumatológicas que acabam afetando o músculo do pescoço.
  7. Torcicolo espúrio -secundário à processos degenerativos nas vértebras cervicais e fraturas.

 

 SINTOMAS PARA PROCURAR TRATAMENTO URGENTE

  1. Alteração para respirar;
  2. Dificuldade para engolir;
  3. Dormência das mãos;
  4. Tontura;
  5. Fraqueza nos braços.
  6. Dor de cabeça frequênte;
  7. Tremor no pescoço;
  8. Inchaço dos músculos do pescoço;
  9. Ombro mais alto de um lado do corpo;
  10. Dor sensível ao toque.

 

Evite dormir de bruços ou no sofá, usando o apoio lateral para colocar a cabeça.

 

Para evitar má postura do pescoço e tensão na região cervical, A tela do computador deve ficar na altura dos olhos.

 

Para evitar má postura do pescoço e tensão na região cervical, A tela do celular deve ficar na altura dos olhos.

 

Aplique uma bolsa de gelo quando o pescoço estiver dolorido e inflamado (em caso de lesões). Em caso de tensão muscular fazer compressa morna.

 

Procure identificar a causa do torcicolo para saber como evitar a repetição do episódio.

 

Principalmente se você trabalha sentado e diante do computador, a cada 45 minutos movimente a cabeça no sentido de rotação e faça flexão e extensão do pescoço.

 

Se tiver de fazer uma ligação mais longa e precisar das mãos para digitar ou escrever, por exemplo, utilize um fone de ouvido, Nunca use o telefone entre os ombros e a orelha.

E aí, como anda seu pescoço? já procurou seu fisioterapeuta para a manutenção?

Um abraço com muita saúde!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *