Tendinite – O que é?

Olá, juniquetes e juniquitos. Estou de volta!
Hoje vamos falar da Tendinite, também conhecida por “Tendinopatia” ou “Tendinose”, é uma inflamação que ocorre no tendão, o qual surge por consequência de repetições excessivas de um mesmo movimento, o LER (Lesão por Esforço Físico), por exemplo.

O sufixo “-ite”, em linguagem médica, geralmente está associado a uma inflamação, assim, o termo “Tendinite” quer dizer “inflamação do tendão”.

Os tendões são tecidos fibrosos, presentes em todas as partes dobráveis do nosso corpo e pelos quais os músculos se
prendem aos ossos.

Fatores de risco

  • A partir dos 35 anos de idade.
  • Jogadores;
  • Usuários de computador;
  • Operários de linha de produção;
  • Agricultores;
  • Empregadas domésticas.

Causas das Tendinites

Os tendões são os responsáveis por dar força aos ossos através dos músculos, assim, quando eles são submetidos a algum estresse mecânico repetitivo, ocorrerão fissuras e, consequentemente, degeneração no tendão, causando a Tendinite.

A tendinite apresenta diversas causas e podem ser divididas em químicas e mecânicas, pois podem estar associadas tanto a doenças quanto a condições. Vejamos quais são:

Causas químicas

  • Alimentação incorreta.
  • Infecções.
  • Doenças reumatológicas.
  • Desidratação.
  • Doenças do sistema imunológico.
  • Distúrbios metabólicos.
  • Iatrogenia (complicações resultantes de tratamentos médicos).
  • Processos degenerativos das articulações.
  • Neuropatias que induzam alterações musculares.
  • Erro diagnóstico: por exemplo, uma tendinose, que é a doença degenerativa do tendão.
  • Simulação (fingir ter a doença).
  • Toxinas presentes no organismo.
  • Metassimulação (exagero quanto aos sintomas).

Causas mecânicas

 

  • Esforço físico intenso ou repetido.
  • Traumas mecânicos.

 

Tipos Comuns de Tendinite

 

Tendinite no Tendão de Aquiles

O tendão de Aquiles, também conhecido como tendão calcâneo, liga os músculos da panturrilha ao osso do calcanhar. É através dele que os músculos puxam o pé para baixo para nos impulsionar quando andamos, corremos ou pulamos.

Apesar de ser um tendão bastante forte e aguentar grandes tensões, o tendão de Aquiles também pode ficar inflamado quando é sobrecarregado pelo uso excessivo ou repetitivo.

Os principais sinais e sintomas da tendinite são dor e rigidez no tendão de Aquiles ao acordar, dor no tendão ou atrás do calcanhar que piora ao caminhar, correr ou subir escadas, dor intensa no dia seguinte aos exercícios, inchaço e aumento de volume do tendão.

Tendinite no cotovelo

É dividida em Epicondilite lateral e Medial.

Epicondilite Medial:Também conhecida como “cotovelo de golfista”, a epicondilite medial ocorre em aproximadamente 0,5% da população geral em idade produtiva, e apresenta maior prevalência na faixa etária de 45 a 55 anos. A maioria dos pacientes (75%) apresentam sintomas no membro superior dominante. A epicondilite lateral ocorre cerca de 7 a 10 vezes mais que a medial.


Epicondilite Lateral: também é conhecida como “cotovelo do tenista”, mas não é um problema limitado a quem pratica esse esporte. Qualquer atividade que realize movimentos repetitivos do punho e dedos para cima (extensão) podem gerar a epicondilite lateral, como movimentos no computador e exercícios de musculação. Movimentos chamados de prono-supinação repetitivos, como os movimentos para se usar uma chave de fenda, também são um fator de risco.

Tendinite no joelho (tendinite patelar)

Ela costuma acontecer bastante nos esportes em que saltos são bem comuns e frequentes (daí vem também o “joelho de saltador”), como o caso de vôlei e basquete, corredores também vêm sofrendo com isso.  No início provoca dores durante alguma atividade física, evoluindo para incômodo constante, mesmo com menores esforços.

A lesão pode ocorrer por causa de movimentos repetitivos, excesso de treinamento e desequilíbrio dos músculos da coxa. Pode também estar associado com desalinhamento dos membros inferiores como: joelho valgo, quadris largos (principalmente em mulheres) e pé plano (Chato).

 

Tendinite do Biceps

Quando há tendinite do manguito rotador, que é composto pelos tendões do bíceps, subescapular e supra espinhoso, há dor na região anterior e lateral do ombro, que piora quando a pessoa tenta fazer movimentos acima da linha da cabeça e pode ser difícil levantar o braço, para passar desodorante

Tendinite de Triceps

O Tríceps é um músculo volumoso que se encontra na parte detrás do braço e o seu tendão se insere na região posterior do cotovelo. A Tendinite do Tríceps é a inflamação deste tendão causando dor nesta região.

Tendinite no pulso

 

Ela costuma aparecer em pessoas que tendem a fazer atividades manuais intensas, como pessoas que trabalham digitando no computador. LEIA MAIS AQUI

Sintomas

  • Dor este é o principal sintoma, e é mais sentido quando o tendão acometido é utilizado.
  • Inchaço (edema) de intensidade variável.
  • Graus variados de dificuldade de movimento.
  • Diminuição de força muscular.

Exames para detectar a Tendinite

  • Raio X: só permite o diagnóstico de tendinopatias calcificadas.
  • Ultrassonografia: depende não apenas da experiência e boa técnica do médico avaliador, mas também — e principalmente — da colaboração do paciente, pois se este não mantiver as posições necessárias para perfeita visualização do tendão analisado, pode provocar efeitos que simulam lesões.
  • Ressonância magnética: também é suscetível a erro, pois se o paciente não ficar imóvel durante os exames, ele poderá causar imagens “tremidas”, cuja interpretação pode ser comprometida.
  • Provas laboratoriais.
  • Exame anatomopatológico do tendão: este confirmará o diagnóstico.

Tratamento para Tendinite

  • Repouso.
  • Fisioterapia é fundamental e seu foco é combater a dor.
  • Quando química, dieta alimentar especial.

Remédios caseiros para Tendinite

Algumas plantas medicinais possuem ação anti-inflamatória no combate da Tendinte, são elas:

  • Gengibre.
  • Alecrim.
  • Amora.
  • Aloe vera.
  • Calêndula.
  • Coentro.
  • Salgueiro (não consumir se for alérgico a aspirina).

Tratamentos caseiros para Tendinite

  • Massagens com álcool e alecrim.
  • Banhos com sal e vinagre.
  • Aplicação de compressas frias e quentes.

 

O que pode dá errado sem tratamento

Se o tratamento não for realizado a Tendinite poderá deixar sequelas, como o rompimento do tendão, ocasionando dores fortes e a incapacidade para o trabalho e atividades físicas.

Prevenção da Tendinite

 

  • Fazer o condicionamento dos músculos antes de começar uma rotina de exercícios.
  • Sempre fazer aquecimento/alongamento antes de começar qualquer atividade física.

Você já teve tendinite? fez algum tratamento?

Um abraço com muita saúde!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *