Striat no tratamento de estrias

A estria é descrita na literatura como uma atrofia tegumentar adquirida que faz com que a pele fique menos elástica que uma pele saudável e desprovida de pelos e glândulas sudoríparas.


A finalidade da microgalvanopuntura (striat) é promover uma reação inflamatória localizada (por meio da introdução das agulhas SUPERFICIALMENTE, entre a epiderme e a derme, na região das estrias) que desencadeia propriedades de reestruturação tecidual da pele.

A aplicação da agulha deve ser paralela com a pele com uma leve inclinação e deverá ser num único movimento, rápido e preciso, o que diminui bastante a sensação de dor relatada pelo paciente.


As reações inflamatórias necessárias para a regeneração da pele aparecem em poucos minutos após a aplicação(foto abaixo), o que pode ser facilmente notado devido à hiperemia e edema local pós aplicação devido à liberação de substâncias locais responsáveis pela vasodilatação e aumento da permeabilidade de vasos.

 

VOLTA REDONDA ESTRIAS
Fonte: Internet

A corrente utilizada no tratamento de estrias é a monopolar de baixa intensidade, que será distribuída em dois eletrodos de tamanhos, formas e características totalmente distintos. 

Os efeitos desta técnica estão fundamentados na associação da corrente elétrica de baixa intensidade com uma perfuração cutânea através de uma agulha especial (AGNE, JONES; 2015).


A agulha utilizada no tratamente é de 3mm.

STRIAT

As correntes elétricas têm sido utilizadas desde a criação da Medicina. Os primeiros relatos do seu uso remetem da Grécia Antiga e Império Romano, para tratamento de cefaléias (dor de cabeça) e dores em geral.


Já os primeiros relatos do uso de correntes elétricas de baixa intesidade (microcorrentes) remetem à Medicina Oriental, com o uso da eletroacumputura.


Atualmente, podemos encontrar vários tipos de aparelhos que usam as microcorrentes para as mais diversas finalidades tais como: tratamento de ulceras de decúbito e pós operatórios.

As microcorrentes são correntes que operam na faixa de microamperes e podem se apresentar na forma contínua ou alternada, também podem ser chamadas de MENS (micro electro neuro stimulation).

CONTRA INDICAÇÕES

  • O USO DE ANESTÉSICOS eles causamr vasoconstricção, alterando os resultados do tratamento.
  • USO DE AGULHA COM O APARELHO DESLIGADO.
  • PACIENTES QUE USAM CORTICOIDES E ESTERÓIDES não poderão realizar o tratamento com a microgalvanopuntura até que seja realizada a pausa dos medicamentos (PRINCIPALMENTE ROACUTAN).
  • EXPOSIÇÃO AO SOL
  • USO DE ÁCIDOS JUNTO.
  • ÁCIMA DO FOTOTIPO III, peles acima disto deverão utilizar-se de outros tratamentos, tais como a carboxiterapia.
  • NÃO ASSOCIAR COM CARBOX NA MESMA SESSÃO.

Um abraço com muita saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *