O Que é BICO DE PAPAGAIO NA COLUNA

Olá, juniquetes e Juniquitos. Estou de volta!
Hoje vamos conhecer o BICO DE PAPAGAIO NA COLUNA como é chamado popularmente, porém, cientificamente é chamado de OSTEÓFITOS.

Pesquisa da Unicamp fala.. Mundialmente 60% da população com mais de 45 anos de idade é atingida pela enfermidade e 86% é acometida entre os 70 e 79 anos.

Isso não significa que os mais jovens estão livres, a incidência é mais baixa, mas, acontece simm.

Você sabia que para adaptar-se à ação da gravidade sobre a coluna vertebral, ocorreram algumas mudanças na coluna, as quais levaram a complicações da mesma. Uma dessas complicações está relacionada à formação óssea anormal, chamada osteófito, conhecido popularmente como “bico de papagaio”.

Essas alterações, os osteófitos ou bicos-de-papagaio, surgem como consequência da desidratação do disco intervertebral, o que favorece a aproximação das vértebras e torna possível a compressão das raízes nervosas.

Na verdade, os osteófitos podem ser considerados um tipo de defesa do organismo para absorver a sobrecarga exercida sobre as articulações e estabilizar a coluna vertebral.

Além de proteção, alterações mecânicas e degeneração são fatores comuns do processo de envelhecimento da coluna vertebral tendo como conseqüência os osteófitos.

TIPOS DE OSTEÓFITOS:

  • Proteção para o espaço articular.
  • Desenvolvimento das inserções capsulares das extremidades das articulações.

Em ambos os casos, o crescimento do osteófito segue as linhas das forças mecânicas que incidem sobre a área de crescimento dando origem aos osteófitos.

CAUSAS DO APARECIMENTO DE OSTEÓFITOS

Causas do surgimento dos osteófitos provêm das forças de compressão em que a coluna vertebral é submetida.

Tal compressão poderá afetar raízes nervosas ou até mesmo, em casos mais graves, órgãos e vísceras como esôfago, traquéia e laringe, podendo causar disfagia, dispnéia, dores e até alterações na voz e surdez.

OSTEÓFITOS CERVICAIS

Os osteófitos cervicais são comuns no envelhecimento da população, já a disfagia é incomum, porém como relatado anteriormente, pode ser causada por eles. Maiuri et al.7 relatam que os osteófitos hipertróficos cervicais anteriores foram relatados como uma causa da disfagia, com aproximadamente 100 casos descritos na literatura.

OSTEÓFITOS TORÁCICOS

Na região torácica, os osteófitos foram relatados de forma não freqüente, como uma causa de complicações da coluna vertebral tendo a descrição de apenas um caso na literatura em que um osteófito na região torácica anterior obstruiu a haste do brônquio principal direito causando pneumonia obstrutiva crônica.

OSTEÓFITOS LOMBARES

Oishi et al., realizaram uma pesquisa com 126 mulheres japonesas com idade média de 60 anos, sendo que todas sofriam de dores na região lombar.

Foram realizadas radiografias constando-se que 61% do total dessas mulheres apresentaram osteófitos naquela região.

Por a Lombar ser a parte mais móvel da coluna, é a parte onde mais aparecem os osteófitos.

FATORES QUE FAVORECEM O APARECIMENTO DE OSTEÓFITOS

  • Sedentarismo,
  • Obesidade,
  • Posturas inadequadas,
  • Esforços indevidos de forma corriqueira.

SINTOMAS DOS OSTEÓFITOS

  • Dor localizada (sobretudo ao se movimentar);
  • Osteófito Lombar: a dor pode irradiar-se para as pernas;
  • Formigamento;
  • Dormência nas pernas;
  • Osteófitos Cervicais: A dor irradia para os braços.

 

COMO PREVENIR OSTEÓFITOS

Praticando atividades físicas, controlando o peso e as doenças citadas acima.

COMO É FEITO O DIAGNÓSTICO

O diagnóstico é clínico através do raio X de boa qualidade, mas em alguns casos pode ser preciso fazer tomografia
computadorizada e, nas situações em que há dores nevrálgicas e irradiadas, até ressonância magnética pode ser imprescindível.

TRATAMENTO PARA OSTEÓFITOS

  1. Tratar a dor;
  2. Tratar a inflamação;
  3. Reforço muscular na fisioterapia

Na fisioterapia, além dos tratamentos convencionais, técnicas como RPG(Reeducação Postural Global), acupuntura  e Pilates podem trazer bons resultados, melhorando a postura, a flexibilidade e a tonificação da musculatura da coluna.

Desde de que sejam adequados às limitações e às condições do paciente, os exercícios NO PILATES são importantes para prevenir a perda de massa muscular, que provoca um aumento da dor causada pelo bico de papagaio.

O tratamento cirúrgico só é indicado apenas nos casos mais graves, quando já existem alterações importantes no alinhamento da coluna ou lesões nos nervos causadas pelos bicos de papagaio.

LEIA TAMBÉM: Bico de papagaio associado a disturbio auditivo

Bico de papagaio não tem cura.

O tratamento, que deve ser acompanhado por SEU FISIOTERAPEUTA, visa apenas controlar a dor e melhorar a qualidade de vida do nosso paciente.

Um abraço com muita saúde!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *